[ Opinião > Virginia Salomão ]

Lessa e Isadora sagram-se campeões
29/5/2007 - 10h24
Virgínia Salomão
Fotos de Virgínia Salomão  

Os jogadores mais bem posicionados no ranking brasileiro disseram presente no 6º Aberto da Federação Paranaense de Golfe, disputado no campo de 18 buracos do Ponta Grossa Golf Clube, em Ponta Grossa (PR).

A modalidade de jogo no geral foi stroke play. Para atletas da categoria index até 8,5 (masculino) e atletas da categoria index até 13,4 (feminino), a disputa foi em 54 buracos (entre sexta-feira e domingo). Para atletas das demais categorias, a disputa foi em 36 buracos.

A rodada de estréia fechou com o gaúcho Felipe Lessa (foto) na liderança com 66 tacadas, seis abaixo do par do campo. Quem mais se aproximou dele foi Eduardo Kim, com 70. Rogério Bernardo e Guilherme Oda dividiam a terceira colocação, com 71.

Entre as mulheres, a melhor da rodada de abertura foi a paranaense Isadora Stapff (foto), a número 1 do Brasil, que jogou 74 gross, contra 76 gross da paulista Ruriko Nakamura, que fechou na segunda posição. Lúcia Guilger, com 81 gross, aparecia na terceira.

Apesar de alguns tropeços durante a rodada de sábado, Lessa conseguiu manter a liderança do torneio. Ele jogou 73 para somar 139 tacadas. Na segunda colocação, jogando 70 no dia para somar 141, estava Oda, seguido por Bernardo, que jogou 72 para somar 143.

No feminino, Isadora continuou fazendo bonito. Ela jogou 77 para somar 151 tacadas e permanecer na liderança, após o segundo dia de competição.

Ruriko, com 79 no dia, 155 na soma, aparecia na segunda colocação. Lúcia, por sua vez, manteve a posição do dia anterior jogando77 para somar 158 e fechar na terceira.

No domingo, ninguém segurou Lessa, que soube administrar bem suas tacadas para decidir o jogo no buraco 15, quando Bernardo, seu mais direto perseguidor, fez doble bogey e ele birdie. Lessa jogou 76 na final para somar 215 tacadas no total e sagrar-se campeão.

No feminino, a paranaense Isadora, que monopolizou a disputa desde o primeiro dia, jogou 75 tacadas na rodada decisiva e venceu somando 226, uma larga vantagem em relação à Ruriko, que jogou 83 tacadas para somar 238 e ficar em segundo.

Por index, o resultado dos jogos masculinos foi o seguinte: até 8,5 venceu Carlos Eduardo Silveira, com 212 tacadas; de 8,6 a 14, o vencedor foi Mitsuya Nagato, com 144; de 14,1 a 22,1, o campeão foi Iukinobu Sumikawa, com 142; e de 22,2 a 32,9, o campeão foi Paulo Roberto Stachowiar, com 140.

Na competição feminina, por index, venceram: até 13, Tereza Baek com 213 tacadas; de 13,5 a 21,2, Minako Nagato com 142; e de 21,3 a 31,7, Takako Ynushi com 153.


Profissionais na disputa

Os jogos principais da quarta e última etapa do circuito Vivo Golf Tour foram disputados quinta (24), sexta-feira e domingo, no Clube de Campo de São Paulo.

O sábado foi reservado para o Pro-Am, um torneio entre equipes formadas por um profissional e três amadores.

O gaúcho Rafael Barcellos se deu bem na rodada de estréia do torneio e fechou na liderança isolada com 67 tacadas.

Na segunda posição estava Marcos Silva, com 68, contra 69 de Acácio Jorge Pedro, Ruberlei Felizardo e João Corteiz.

Barcellos manteve a liderança da competição jogando 70 tacadas na rodada de sexta-feira para somar 137 (-4).

Na segunda posição estava Ronaldo Francisco, com 139 (70-69). Robison Gomes (74-67) e Carlos Dluhosch (72-69) dividiam a terceira com 141 na soma.

Com 37 tacadas, o time integrado pelo profissional paraguaio Nilson Cabrera e os amadores Frederic Cadier, Muneke Tikazawa e Manoel Sousa Lima Júnior venceu o Pro-Am no sábado.

Duas equipes fecharam a rodada com 38 tacadas. No desempate, o segundo lugar ficou para o time formado pelo profissional Rubens Berti e os amadores Rodrigo Somlo, Eduardo Prado e Manuel Queiroz.

No domingo, Barcellos (68) confirmou o favoritismo e venceu de ponta a ponta, com 205 na soma. Na segunda colocação ficou o paranaense Dluhosch (70), com 211 na soma, seguido por Sérgio Brasil (70-74-68) e Acácio Jorge Pedro (74-69). Ambos somando 212.

No sábado, a jogada máxima do golfe, o hole-in-one, foi conquistada sábado pelo profissional Leonardo Yoshikawa, no buraco 1. No domingo foi a vez de Cláudio del Guerra fazer o hole-in-one, no buraco 5.


European Tour

Surrey (ING) - Os ingleses Justin Rose e Paul Broadhurst, com 66 tacadas cada um, dominaram o primeiro dia de disputa, quinta-feira (24), do BMW PGA Championship, um torneio do circuito Europeu de Golfe, que prosseguiu até domingo no West Course do Wentworth Club. Na cola deles, com 67, estavam o australiano Marcus Fraser, o inglês Simon Khan e o italiano Francesco Molinari.

A rodada de sexta-feira fechou com Rose (70) e o argentino Angel Cabrera (70-66) dividindo a linha de frente com 136 tacadas na soma. O inglês Rose Fisher (70-67) e Fraser (70) apareciam na segunda posição, com 137 na soma.

Broadhurst (68) e Fisher (69) lideraram a rodada de sábado com 206 na soma, uma de vantagem sobre Fraser (70) e Richard Stern (68-73-66), que somavam 207.

A decisão, no domingo, foi emocionante. O dinamarquês Anders Hansen (74-70-67-69) e o inglês Rose (71) terminaram a competição empatados por 280 tacadas no total.

No primeiro buraco do playoff Hansen sagrou-se bicampeão do torneio (em 2002 ele também conquistou o título). O fijiano Vijay Singh (73-72-70-66) e o sul-africano Stern (74) terminaram somando 281 tacadas.


O retorno da fera

LPGA Tour - Após dois meses longe dos campos de golfe, devido a uma hérnia de disco, a sueca Annika Sorenstam volta a competir no Ginn Tribute, que ocorre de depois de amanhã (quinta-feira) a 3 de junho (domingo), no River Towne Country Club.

Detalhe: a organização do evento está a cargo dela mesma. Segundo o agente da sueca, Mark Steinberg, a reabilitação de Sorenstam tem progredido muito bem e ela está ansiosa para reassumir a atividade competitiva. O Ginn Tribute distribuirá US$ 2,6 milhões de prêmios.


Mulheres na batalha

Nova York (EUA) – Com 64 tacadas (-8), a sueca Charllotta Sorenstam liderou a classificação do Corning Classic de golfe, que integra o circuito da LPGA, após a rodada de abertura, quinta-feira (24), no Corning Country Club.

Na segunda colocação aparecia a norte-americana Beth Bader, com 65, seguida pelo trio formado por Hyun Ahn, Paula Creamer e Jamie Hullette. Todas elas com 66.

Bader assumiu a ponta após o segundo dia de jogo. Ela jogou 66 tacadas para somar 131. Young Kim fechou na segunda colocação somando 132 (68-64). Na terceira, com 68 no dia, 134 na soma, estava Creamer.

A liderança da competição embolou após a rodada de sábado. Creamer (66), Kim (68) e Bader (69) fecharam com 200 tacadas na soma, cada uma.

No domingo, quem se deu bem e levou o título foi a sul-coreana Kim, que jogou 68 para somar 268 tacadas. Esta foi a primeira vitória da carreira de Kim. As atletas que mais se aproximaram da campeã foram Mi Hyun Kim (68-67-66-70) e Creamer (71). Ambas somando 271 tacadas.

A mexicana Lorena Ochoa (número 1 do mundo) e a sueca Annika Sorenstam não participaram da competição.


Strokes

* AdiadoEm conseqüência das muitas chuvas na manhã de terça-feira passada, a capitania feminina de golfe do Clube Curitibano adiou a Taça Outono, um oferecimento das atletas Cassiana Stapff, Rosana Nigro Moura e Maria Helena Vian. A nova data deverá ser divulgada em breve.


* No green de Quatro Barras – Hoje (terça-feira), se o tempo colaborar, as atletas do Clube Curitibano participam da Taça Gemma Lee. A modalidade de disputa é stroke play, nas seguintes categorias: 0/20, 21/30 e 31/40. Após o jogo haverá um lanche de confraternização nas dependências do clube.


* Em terras vermelhasO Londrina Golf Club e o Royal Golf unem forças para promover em junho o IMIN – 99, um torneio comemorativo dos 99 anos da imigração japonesa para o Brasil.


* Golfe feminino - Depois de amanhã (quinta-feira), no green do Santa Mônica Clube de Campo, realiza-se a Taça Amizade. Além da competição principal haverá um Torneio de Putter. Mais informações pelo fone (41) 3675-4245.


* Aberto a todos – A pedida para o dia 23 de junho, no Las Palmas Golf & Country Club, em São José dos Pinhais, é participar da Taça Leocir de Golf. A modalidade de jogo para atletas da categoria index até 22,1 é stroke play. Já atletas da categoria index a partir de 22,2 a modalidade é stableford.


* Só mulheres – Nada menos que 60 atletas de alguns dos principais clubes de golfe do Brasil participaram de quarta (23) a quinta-feira (24), no Rio de Janeiro, do Aberto Feminino do Gávea Golf & Country Club – Copacabana Palace.

As muitas chuvas que caíram nos dois dias de torneio atrapalharam, mas não impediram Vicky Whyte de fazer uma bela apresentação e ficar com o título scratch somando 159 tacadas. Um fator que contribuiu sobremaneira para a conquista de Vicky foi o conhecimento do campo.

* Texas (EUA) – O mau tempo foi protagonista do Crowne Plaza Invitational e Colonial, que terminou domingo, no Colonial Country Club, em Fort Worth, no Texas. Três jogadores terminaram a competição somando 266 tacadas: o sul-africano Rory Sabatini, o norte-americano Jim Furyk e o alemão Bernhard Langer. O desempate ocorreu no buraco 18, onde Sabatini finalmente pôs as mãos na taça.


* Seniores em campo - Denis Watson, de Zimbábue (África), com 279 tacadas (71-71-69-68), faturou no domingo o título do Senior PGA Championship, disputado no Ocean Course, de par 72 e 7.201 jardas, do Kiawah Island Golf Resort.


Virgínia Salomão, jornalista,
é colunista
do golfe há 15 anos.
Primeira mulher
especializada no esporte no Brasil,
é também pioneira
na  divulgação semanal dessa
modalidade no país.

 
Empresa especializada em golfe. Mais de 20 anos no mercado
Clique aqui e conheça
SIMON PRESS
Assessoria de Comunicação em
esporte, saúde, empresas, eventos. Revistas, catálogos e sites.
 Minigolfe
Locação e eventos
(11) 2280-4962
 Consultoria
Palestras em escolas e empresas (11) 2280-4962
 LEI DO INCENTIVO
Projetos e Gestão - Simon Comunicação
(11) 2280-4962
Anuncie em Golfexpress
(11) 2280-4962