[ Opinião > Virginia Salomão ]

Quatro dias de muito golfe
19/6/2007 - 13h2
Virgínia Salomão
Fotos de Virgínia Salomão  

A abertura da programação referente ao Tim Golf Champions League ocorreu quarta-feira, no São Paulo Golf Club, com a disputa de um Pro-Am (torneio entre equipes formadas por um profissional e três amadores).

O time integrado pelo profissional paranaense Carlos Dluhosch (foto) e os amadores Jung Choong Soo, Adriano Cobra e Artur Lima sagrou-se campeão com 35 tacadas.

Os jogos principais forma disputados entre quinta-feira (14) e domingo (17). Após a segunda rodada houve o corte. Prosseguiram na batalha somente os 15 melhores profissionais e empatados.

O paulista Ricardo Iversson liderou os jogos de estréia com 67 tacadas, uma de vantagem sobre Rafael Barcellos (68) e duas sobre Vinicius Muller (69).

Na sexta-feira, Iversson aumentou sua vantagem jogando 66 para somar 133, contra 139 (72-67) de Luiz Martins, que assumiu a segunda posição.

Iversson manteve a liderança isolada do torneio após a terceira rodada. Ele jogou 71 tacadas para somar 204 (-9). Os que mais se aproximaram dele foram Ronaldo Francisco (71-69-69) e Barcellos (73-68), que somavam 209.

Na final, Francisco reagiu de forma espetacular e de virada levou o título. Ele jogou 65 tacadas na rodada para somar 274, seis de vantagem sobre Iversson (280), que jogou 76 no dia.

Em terceiro lugar, somando 281 (72-74-65-76), ficou João Corteiz, seguido por Barcellos, que jogou 75 para somar 284, contra 287 de Dluhosch (70-73-72-72) e Rafael Gonzalez (75-70-75-67).

Paralelamente houve um torneio para amadores. No masculino, o campeão da scratch foi Anthony Wyles, com 149. Já no feminino, o título scratch ficou para Lúcia Guilger, com 153.


Roqueiro no green do Curitibano

Apaixonado confesso por golfe, esporte que pratica há 25 anos, o roqueiro Alice Cooper aproveitou sua estadia em Curitiba, onde apresentou o show de abertura da turnê mundial "The Psycho-Drama Tour", domingo (10), no Teatro Guaíra, para na véspera de sua apresentação relaxar jogando golfe no campo de 18 buracos do Clube Curitibano (foto). Cooper jogou ao lado de Alexandre Marca, Luis Thiele e Bernardo Garcia.


Os melhores em ação

Uma maratona de golfe reunindo os melhores jogadores do mundo. Assim pode-se definir o 107. º US Open Championship, segundo major da temporada, disputado entre quinta-feira (14) e domingo (17), no Oakmont Golf Club, na Pensilvânia.

Apesar de fazer quatro anos que o norte-americano Tiger Woods não vence o Grand Slan de seu país (em 2006 ele sequer conseguiu passar pelo corte), Woods entrou em campo na esperança de fazer jus ao título de número 1 do planeta.

Mas, o herói da rodada de abertura foi o inglês Nick Dougherty (25 anos), de Liverpool, que venceu com maestria as dificuldades do campo jogando 68 tacadas, duas abaixo do par do campo, para liderar a competição. Este foi o sexto major que ele disputou, mas, até então, só havia passado o corte uma vez, no US Open 2005, em Pinehurst, onde terminou empatado em 52. º lugar.

O argentino Angel Cabrera foi quem mais se aproximou de Dougherty. Ele jogou 69 (-1) na rodada para fechar na segunda posição. Bubba Watson e Jose Maria Olazábal jogaram 70 tacadas, cada um, exatamente o par do campo, para dividir a terceira posição. Woods e mais 15 jogadores fecharam a rodada com 71 (+1) para dividir a quinta posição.

O argentino Cabrera assumiu a ponta, após o segundo dia de disputa, jogando 71 tacadas, uma abaixo do par, para somar 140 tacadas. Atrás dele estava Watson, com 71 no dia, 141 na soma. Aaron Baddeley (72-70), Justin Rose (71-71), Stephen Ames (73-69) e Niclas Fasth (71-71) dividiam a terceira posição somando 142 tacadas. Woods 74 (+4) e mais cinco jogadores fecharam empatados em 13.º lugar somando 145 tacadas.

O Oakmont continuou cobrando seu preço na rodada de sábado. Só Woods (69) e Steve Striker (68) jogaram abaixo do par. Aliás, com essa marca, Woods, que teve um começo titubeante, conseguiu uma ótima recuperação e passou a ocupar a segunda posição somando 214. Baddeley fechou em primeiro lugar jogando 70 tacadas no dia para somar 212, contra 215 de Ames (73), Paul Casey (77-66-72), Rose (73) e Watson (74). Cabrera jogou 76 (+4) para somar 216 e fechar em sétimo lugar.

No domingo, Cabrera fez valer sua experiência de jogador de elite e conseguiu quebrar o jejum de 40 anos sem um argentino conquistar o título do US Open. Ele jogou 69 (-1) no dia para sagrar-se campeão somando 285 tacadas, contra 286 de dois jogadores: Woods, que jogou 72 (+2) no dia; e Jim Furyk (71-75-70-70).


Brasileiros fora da disputa

Os atletas Isadora Stapff (PR), Patrícia Carvalho (PR), Felipe Lessa (RS) e Rafael Becker (SP) deveriam estar desde ontem (18) representando o Brasil na Copa das Américas, que prossegue até domingo (23), no Beacon Hall Golf Club, em Ontário, no Canadá. Mas, de última hora, a viagem foi cancelada. O motivo, a Confederação Brasileira de Golfe ainda não divulgou.

A competição, de duplas femininas e masculinas, reúne atletas de 18 países das Américas do Norte, Central e Sul. A modalidade de jogo é stroke play.


Strokes

* Mano a manoA sueca Annika Sorenstam derrotou a mexicana Lorena Ochoa na segunda edição do Acapulco Skins, disputado sábado no clube de golfe Três Vidas, em Acapulco (México). O jogo foi decidido no terceiro buraco do desempate. Pela vitória, Sorenstam embolsou um cheque de US$ 165 mil.


* Uma boa pedida – Sábado (23), no Alphaville Graciosa Clube, em Pinhais, realiza-se o Torneio Junino. A modalidade de jogo será Duplas (mistas ou não) Best Ball. As inscrições poderão ser feitas até quinta-feira (21), na secretaria de golfe do clube.


* ImperdívelO Clube Curitibano Golfe promove dia 7 de julho, no campo de Quatro Barras, a Taça Julina, onde estarão em ação atletas das categorias scratch, 0/9, 10/15, 16/24 e 25/36 (masculino) e scratch, 0/20, 21/30 e 31/40 (feminino). Os jogos serão disputados na modalidade stroke play, em 18 buracos.

A programação social do torneio prevê brunch, das 15 horas às 18 horas, seguido da cerimônia de entrega dos prêmios. As inscrições poderão ser feitas até o dia 6 de julho. Mais informações pelo fone (41) 3672-1474.


* Causa nobre – A primeira etapa do 2.º Circuito de Golfe Ayrton Senna ocorre amanhã (quarta-feira), no Fazenda da Grama Country & Golf Club, em Itupeva (SP). Parte da verba, arrecadada com as inscrições e patrocínios, será repassada aos programas educacionais desenvolvidos pelo Instituto Ayrton Senna.


Virgínia Salomão, jornalista,
é colunista
do golfe há 15 anos.
Primeira mulher
especializada no esporte no Brasil,
é também pioneira
na  divulgação semanal dessa
modalidade no país.

 
Empresa especializada em golfe. Mais de 20 anos no mercado
Clique aqui e conheça
SIMON PRESS
Assessoria de Comunicação em
esporte, saúde, empresas, eventos. Revistas, catálogos e sites.
 Minigolfe
Locação e eventos
(11) 2280-4962
 Consultoria
Palestras em escolas e empresas (11) 2280-4962
 LEI DO INCENTIVO
Projetos e Gestão - Simon Comunicação
(11) 2280-4962
Anuncie em Golfexpress
(11) 2280-4962